Candidíase: escolhas alimentares que previnem a infecção - Doutor Adalberto Urologista

Candidíase: escolhas alimentares que previnem a infecção

Tão ruim quanto o biquíni molhado é o hábito de usar calcinhas sintéticas e calça muuuito justa. Quando você mantém a região íntima abafada, cria um ambiente propício para que o fungo Candida albicans, presente naturalmente na vagina, se prolifere mais do
 que o normal. Esse desequilíbrio desencadeia a candidíase – espere por coceira, corrimento em grumos esbranquiçados e inchaço local.

Biquíni ok, calcinha ok, alimentação mais ou menos? Abra o menor espaço possível para o açúcar, o principal vilão: “Os fungos precisam dele para 
se reproduzir”, diz a nutricionista Cristina Almeida Prado, de São Paulo, que recomenda os seguintes cuidados:

Troque os cereais refinados pelos integrais

Arroz, massa e pão brancos são absorvidos rapidamente, o que provoca picos de glicemia no sangue – uma festa para os fungos da candidíase. Refrigerante, doces e comidas ultraprocessadas são ainda piores: além de jogar muito açúcar na circulação, quase não contêm nutrientes – e só com eles você mantém sua imunidade fortalecida para o contra-ataque.

Use e abuse das ervas (orégano, tomilho e alecrim)

Além de darem mais sabor às preparações, elas têm ação antifúngica. Um alho cru por dia também oferece o mesmo efeito. Se preferir, coloque-o para curtir no azeite – você vai criar um tempero aromático e funcional para o dia a dia.

Prefira as frutas de baixo índice glicêmico

Kiwi, morango, amora, ameixa, framboesa, pera e abacaxi. E, em vez de transformá-las em suco, coma em pedaços – melhor ainda, com a casca e o bagaço (quando possível). Mais uma estratégia para desacelerar a escalada da glicemia: polvilhar sementes de linhaça ou chia nas frutas. É um café da manhã que não toma tempo, vai!

Compre castanhas e queijos em porções pequenas

Bom, queijos geralmente nos avisam quando já estão estragados – uma mudança de coloração e aquele cheirinho característico. Mas nem sempre é fácil perceber que as castanhas guardadas estão vencidas. Os dois itens são bastante suscetíveis à contaminação por fungos, então jogue fora as nuts esquecidas por muito tempo no armário

Fonte: Boa Forma

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *